sábado, 3 de julho de 2021

HIERAPOLIS AND THE SOUTHERN BYZANTINE GATE


Ainda em KONYA 

atravesso a rua para o outro lado 

e descubro este espaço que deve ter a ver 

com a história do País ou alguma batalha, 

mas como eu estava sozinha não tive quem me explicasse, 

deram-nos tempo livre para regressar ao autocarro 

e lá fui eu (curiosa como sou...)



captei estes fontanários, 

achei-os diferentes dos nossos


e, através da vedação, espreitei um cemitério, 

que estando junto ao monumento, deve ter a ver 

com as vidas perdidas na batalha




quem me acompanha nos blogues, 

já sabe do meu interesse em visitar 

nas várias partes do Mundo, alguns cemitérios, 

gosto de apreciar a diferença nas culturas dos Povos! 


UM NOVO DIA 

acordei cedo e lá fui 

a caminho de mais uma AVENTURA 


Estou a mais de 600kms da Capital

ao sair do autocarro vê-se perfeitamente 

que o dia amanhece 

e é no início do dia que os balões de ar quente 

sobrevoam alguns lugares 

Lá está um aqui por cima...


fazendo zoom 

consigo ver alguns pormenores 

do balão de ar quente



Olhando em redor 

descubro esta placa que identifica 

HIERÁPOLIS 

que foi construída durante o IMPÉRIO ROMANO 

no século II A.C. (antes de Cristo) 

e significava "Cidade sagrada" 

Hierapolis foi atingida por vários terramotos 

e hoje é possível visitar as suas ruínas  



Continuando a caminhar 

vislumbro espaços verdes de enquadramento, 

como se fosse um OÁSIS 

junto a bens culturais imóveis de interesse arqueológico 

e geológico. Há que preservar e divulgar os sítios arqueológicos, 

dando a conhecer um património 

que ainda é desconhecido de muitos!




Outra descoberta: 

uma porta bizantina, do início do século V





OK...no próximo artigo mostrarei PAMUKKALE

e, a minha aventura por lá!




Dedico este artigo de VIAGEM a TI

amigo(a) Leitor(a) pelo prazer da tua companhia

nesta minha aventura pela TURQUIA

HOJE, muito do que SOU

é ONDE EU ESTIVE

13 comentários:

  1. The sacred Hierapolis of Phrygia,
    one of the antique cities of the Aegean, was placed on the UNESCO World Heritage List in 1988.

    The foundations of Hierapolis were laid during the Phrygian Era because of the sacred site of Cybele
    in which the cave under the Temple of Apollo was located.
    However, the ancient city of Hierapolis was founded by Eumenes II, the King of Pergamum,
    in the second century BC, and its name was derived from Hiera,
    the beautiful wife of Telephos, the legendary founder of Pergamum.

    ResponderEliminar
  2. Hierápolis e a Piscina Sagrada
    No mesmo complexo, também se encontra Hierápolis,
    que foi construído durante o Império Romano ao redor de Pamukkale.
    Foi construída no século II A.C e significava “Cidade Sagrada”, pois as águas da região eram consideradas medicinais e de rejuvenescimento.

    A cidade de Hierápolis foi atingida por vários terremotos e hoje é possível visitar suas ruínas.
    A entrada já está inclusa no valor no ticket de Pamukkale.

    O ingresso de Pamukkale e Hierápolis custa aproximadamente 25 liras turcas e pode ser adquirido na entrada do complexo. Não se esqueça que para nadar na Antique Pool paga-se a parte (30 liras turcas).

    ResponderEliminar
  3. Detalhes fotográficos sublimes. Talento, inspiração, criatividade fotográfica que aplaudo e elogio.
    .
    Saudações poéticas
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderEliminar
  4. Boa noite de sábado, querida amiga Tulipa!
    Você fez uma reportagem fotográfica com muita riqueza em detalhes.
    Adorei a foto das bandeiras.
    Tenha um domingo abençoado!
    Beijinhos carinhosos e fraternos de paz e bem

    ResponderEliminar
  5. Que çloimda descobereta!Adorei ver tudo isso e saber !
    Muito lindas tuas fotos! beijos, ótimo domingo! chica

    ResponderEliminar
  6. Me encanto las fotografías tan bellas es genial conocer otras culturas. Te mando un beso
    Enamorada de las letras

    ResponderEliminar
  7. Cada fotografia sua é realmente uma forma de aprender com todos os detalhes, com todas as árvores, com todas as fontes.
    Cuide-se bem, minha Amiga.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  8. A Turquia, com Erdogan, perdeu grande parte da sedução.
    Bjs, boa semana

    ResponderEliminar
  9. Obrigado por mais este maravilhoso passeio virtual através das suas espectaculares fotos.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Olá!
    Realmente estes fontanários são muito diferentes dos nossos. Gostei mais do segundo.
    E o cemitério também diferente do nosso, e muito pouco cuidado. Se calhar é essa a intenção mesmo.
    É muito giro ver estas diferenças. UAU, que lindo balão!! Se fosse mais de dia notava-se mais o contraste do laranja com o azul do céu.
    Que lindo! Parece mesmo um oásis. Gosto muito de ver assim paisagens com palmeiras.
    Mais uma vez belo artigo!!

    ResponderEliminar
  11. Começa-se a ler o post como o capítulo de um livro de viagens. Depois vêm as imagens e mais alguma narrativa para ajudar a compreender o que se vê. Depois ainda registos fantásticos da magia dos balões de ar quente, do geral ao pormenor em grande plano. 

    E um património incrível, que julgamos quase impossível num local como o que mostras. E uma porta bizantina que eu não imaginava como seria, grande registo. E terminas da melhor maneira com um olhar sobre o horizonte a prometer novas aventuras... parabéns!

    ResponderEliminar
  12. A Turquia é uma surpresa constante.
    Belíssimas fotos, muito bem conseguidas, mas com algum trabalho.
    Bom fim de semana, amiga Tulipa.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  13. para lá irei já em novembro pela primeiríssima vez! Istambul e Bodrum serão os destinos, para umas férias de "verão" sob um inverno que espero ameno e pouco chuvoso por aqueles lados do planeta.

    será essencialmente para descansar, desde fevereiro de 2020, acabado de regressar da Tailândia, fiquei (ficámos) imediatamente em confinamento até aos dias de hoje, praticamente, e tem sido apenas trabalhar.

    se eu gostar da Turquia, voltarei, também aos mesmos lugares onde estiveste, até porque, tenho sempre regressado aonde fui feliz.

    um beijo meu.

    ResponderEliminar