sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

UM DIA MUITO DIFERENTE






No dia seguinte, passamos todo o dia pela aldeia... 

nem tenho palavras para descrever... a beleza do lugar 

o colorido da fruta

o silêncio que havia 

Não se via ninguém!




Olhava para tudo... reparando nos pormenores 

e achei o máximo esta escada encostada à árvore 

imensas árvores de fruto, laranjeiras...




a roupa estendida no arame

as couves na horta

uma imensidão de campos, ao longe



eram estes os caminhos por onde andamos, 

caminhos de cabras 

onde passa o gado para ir para o pasto

os carros ficam num largo que existe 

e vamos com as malas na mão, até às casas







nem tenho palavras... 

fiquei deslumbrada, com o que via à minha volta




um tanque de água 

e, os castanheiros deixam cair os ouriços





para fazer esta foto, ainda me piquei...

e, ao fundo a Igreja que era o meu relógio, 

durante o dia e a noite, 

no silêncio ouvia as badaladas das horas e meias horas




pelo caminho a minha amiga encontrou uma familar dela, 

uma senhora dos seus 90 anos,

 que ainda vai à procura de ramos para acender a lareira... 

puseram-se à conversa 

e eu, fui fotografando todos os recantos daquele lugar



quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

PENEDO DE S. JOÃO





Continuando o passeio, o ponto alto do dia foi 

visitar o "Penedo de S. João" 

e as vistas impressionantes 

que consegui captar lá do alto, no Miradouro!





... é o ponto mais alto da freguesia de Freigil, 

de onde se pode avistar "Caldas de Arêgos", 

o rio Douro, Miomães e Baião. 

Ao chegar ao alto da serra encontrei um parque de merendas!





as paisagens que vemos lá do alto 

são de cortar a respiração

nesta época do ano, as belas tonalidades do Outono!






antes de descer... uma foto para a posteridade

eu, junto ao "Penedo de S. João"




Já em baixo... chego a Resende 

e, passeando a pé pelas suas ruas 

descubro estas placas com o nome das Travessas, 

das Ruas, pintadas à mão...





Procuro... onde poderei "provar" 

as deliciosas "Cavacas" de Resende






aqui estão elas, uma para mim 

e a outra para a minha amiga 

nham... nham... que maravilha!!!



sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

ROTA DO ROMÂNICO




A minha escapadinha começou pela "Pateira de Fermentelos" 

(que já mostrei no post anterior)

e de seguida, precisava de passar a noite em algum lugar; 

utilizei um voucher que já tinha comprado em Maio 

e com um belo desconto; 

para os lados de Vagos e Mira fiquei num alojamento 

de 3 estrelas e, que para surpresa minha 

tinha frigorífico, que serviu para guardar iogurtes 

e fruta que levava (tem que se poupar em alguma coisa) 

Sim, é verdade, nesse dia nem almocei nem jantei 

em restaurantes, fui comendo o que trazia de casa...




No dia seguinte fui para cima do Porto 

e fiz parte da "Rota do Românico"

passei pontes, riachos e aldeias...






... é disto que eu gosto!!!

Natureza, Mosteiros ... Parques fluviais

e, fui dormir a S. Cipriano





antes, ainda fui visitar o "Penedo de S. João"

(que mostrarei num próximo post)

e quis visitar a célebre "Ilustre Casa de Ramires" 

passei na localidade de Ramires, 

mas... está tudo ao abandono, que tristeza!




até que cheguei ao Concelho de Resende

e, em "Caldas de Aregos" junto à marina 

descobri um recanto muito interessante; 

numa lojinha pequena existe apenas um funcionário 

e ali funciona o "Posto de Turismo" e "Correios" 

Entrei e fiz as minhas perguntas relacionadas com o turismo 

logo de seguida chega uma habitante da zona 

e vai enviar cartas pelo correio.




esta é alguma da informação como "Posto de Turismo" 




Onde ficar?
O que comer?
O que fazer?
Locais de interesse... 

toda a informação que um turista precisa, 

bem como um evento, que um dia gostaria de lá ir 

que é a FESTA DA CEREJA 






de seguida, esta lindíssima casa 

que mais parece um SOLAR antigo

onde funciona o "Caldas Bar" 

... nas traseiras das Termas 

vejo esta construção, em direcção ao rio 






e, também, um "Lavadouro Municipal"  

a água que vem pelo cano sai a ferver 

imagino que bem que sabe, nestes dias frios, 

poder lavar a roupa com água bem quente




para terminar esta sequência de imagens 

fecho com "chave de ouro" segundo a minha opinião...

adoro fotografar "Mãos" 

também adoro poder regressar às origens 

e ver estas senhoras a usar o lavadouro público, 

não porque, não tenha máquina de lavar, porque tem, 

mas sim, porque certas roupas e nódoas não saem 

quando se lava na máquina

Tão bom poder conversar com estas "Gentes" 

depois de uma longa conversa 

pedi-lhe autorização para fazer duas fotos, 

a senhora concordou 

e esta é uma delas!!! 



domingo, 26 de novembro de 2017

PATEIRA de FERMENTELOS



Após quatro posts sobre a minha viagem à Normandia, 

venho mostrar por onde andei 

numa "escapadinha" de cinco dias por Portugal




na penúltima semana de Novembro, 

ainda muito cheio de sol 

e boas temperaturas durante o dia

cheguei à "Pateira de Fermentelos" 

e encontrei este espelho!

Não corria vento algum... 

e as fabulosas cores de Outono, 

esperavam por mim reflectidas na água!




Começo a explorar a zona e encontrei esta placa 

com um "Percurso Pedestre" 

"Trilho dos Poços"




pergunto a uma senhora por algo que conheci há algum tempo 

e segundo me parece...

isso é na zona de "Óis da Ribeira" 

só que a dita senhora percebeu que eu procurava 

pelo Miradouro 

e ensinou-me qual o caminho...

Óptimo! desconhecia que havia um miradouro 

mas assim tive oportunidade de o ver!




Subi e estas foram as vistas que tinha lá do alto...









ao descer, captei esta perspectiva...

e, 

o dia ia chegando ao fim... 

as cores já eram outras

. . . 

No caminho de regresso 

ainda descobri as "Bateiras" 

os barcos típicos da Lagoa