quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

BRAGANÇA


Ramalho Ortigão, escritor e grande viajante escrevia no séc. XIX. 
«Nada há no mundo mais saborosamente aprazível para um 
coração lusitano do que viajar, simplesmente em Portugal». 
São de facto incontáveis, as cidades, pequenas aldeias, rios, 
paisagens, jardins, que de Norte a Sul do país merecem a visita 
das pessoas cujo espírito curioso e atento não desistiram de deixar 
para trás o quotidiano monótono e partir à descoberta de lugares 
e experiências ainda desconhecidos. 


Foi esta BRAGANÇA que encontrei, radiosa, cheia de sol

com as belas cores de Outono, mas...de difícil circulação! 

Impossível estacionar o carro e visitar o centro histórico...


Sobre meio arco, numa rotunda, na Avenida de Zamora, 
pode-se observar um conjunto escultórico, da autoria 
do escultor Barata Feyo, inaugurado em 2005.
As comemorações do 25 de Abril, na cidade de Bragança, 
tiveram o seu ponto alto com a inauguração da Rotunda do Sabor, 
uma das principais entradas na capital de distrito.
Este espaço, que recebe os visitantes que entram na cidade 
pelo lado nascente, é dedicado a todos os agricultores do concelho 
que, ao longo de gerações, contribuíram para o desenvolvimento 
da economia bragançana.


Em homenagem à população rural foi criado um arco 
sobre um espelho de água, para fazer lembrar uma ponte, 
sobre a qual está colocada a escultura emblemática: 
três figuras, que representam habitantes da região, acompanhados 
por três burros carregados com “ sacas de brasas e carvão, 
feixes de urze, produtos da terra e outras mercadorias 
que o Mundo Rural fornecia para abastecer a cidade”.



Passei no Posto de Turismo na hora de almoço, estava fechado.
O concelho de Bragança, repleto de história e de património, 
merece, por todas as suas características e potencialidades, 
uma visita mais atenta que permita descobrir as verdadeiras 
riquezas desta região tipicamente transmontana.


Descobri que do centro da cidade parte um autocarro 

para a rede rural e vai até Rio de Onor...



8 comentários:

  1. Uma Bragança que eu não conheço mas que me deixaste com vontade de visitar a julgar pelas tuas imagens. Nunca passei de Mirandela / Macedo de Cavaleiros e gostava de voltar à Capela de Balsamão, aí para esses lados também , se possível num 21 de Setembro, o único dia do ano em que o Sol projecta os raios para dentro da capela... talvez nessa altura eu vá então a Bragança e Vinhais. Obrigado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. AMIGO ALEX
      Uma Bragança que eu também não conheço
      Foi apenas uma passagem muito rápida para seguir para as aldeias e a "Natureza"
      Isso sim era o objectivo principal
      Não fui a Mirandela nem Macedo de Cavaleiros, nem sabia da existência dessa Capela de Balsamão!
      Quem sabe num 21 de Setembro, a visitaremos?
      o único dia do ano em que o Sol projecta os raios para dentro da capela...
      Obrigado pela visita e comentário.

      Eliminar
  2. Viajar é uma forma de se adquirir sabedoria !

    Felicidades
    MANUEL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. MANUEL

      Tenho a certeza que sim, sempre que viajo vou adquirindo sabedoria

      Felicidades também para si.

      Obrigado pela visita e comentário.

      Eliminar
  3. .

    .

    . dulcíssima a luminosidade de Bragança . a tonalidade das folhas das árvores . os monumentos históricos . as esculturas espalhadas pela cidade . e todo o envolvimento urbano .

    .

    . como sempre . as Suas fotografias . devidamente enquadradas . e amplamente nítidas .

    .

    .

    . desejo.Lhe festas felizes . e um ano de dois mil e quinze . claramente melhor e mais esperançoso .

    .

    . um beijo meu .

    .

    .

    ResponderEliminar
  4. Realmente Bragança tem uma luminosidade maravilhosa que eu desconhecia!

    A tonalidade das folhas das árvores só possível por ser Outono! As belas cores do Outono.

    São motivo de grande orgulho "as Suas fotografias", como se refere.

    Obrigado pelos seus votos:
    desejo.Lhe festas felizes . e um ano de dois mil e quinze . claramente melhor e mais esperançoso .

    um beijo meu .

    ResponderEliminar
  5. Tulipa que fotografias espectaculares. Passei especialmente para desejar a si e a todos os seus familiares e amigos, um Feliz Natal, repleto de alegria, saúde, paz e amor.

    “A Melhor mensagem de Natal é aquela que sai em silêncio de nossos corações e aquece com ternura os corações daqueles que nos acompanham em nossa caminhada pela vida. ” Autor desconhecido

    Beijinhos
    Maria e família

    ResponderEliminar